quinta-feira, 30 de julho de 2009

Escrevedeira-de-garganta-preta (Emberiza cirlus)


Foi das primeiras aves que fotografei, andava a tentar fotografar para uma exposição colectiva do CCViva da Floresta, foi tambem uma sorte conseguir a foto.

terça-feira, 28 de julho de 2009

Pica-pau-malhado (Dendrocopos major)


Foi dificil conseguir fotografar esta ave, esconde-se muito nas arvores, foi a melhor foto que consegui, penso que a base do bico está cheia de resina ou algo parecido.

domingo, 26 de julho de 2009

Grifo (Gyps fulvus)







Tiradas no Vale Mourão no ano passado, são sem duvida grandes e imponentes, graças ao meu amigo Alfredo Tavares consegui umas boas fotos.

quarta-feira, 22 de julho de 2009

Pintassilgo (Carduelis carduelis)


É a arvore dos pintassilgos, juvenis andavam em bando e resolveram passar um bocado no pinheiro.

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Cobra-de-ferradura (Coluber hippocrepis)




Estava à espera de alguns passaritos no bebedouro e eis que consigo observar uma cobra a beber água, eu nunca tinha visto e penso que muita gente também não.

domingo, 19 de julho de 2009

Alvéola-branca (Motacilla alba)




Andava estas Alvéolas a capturar o almocito e pareciam querer exibir-se à nossa frente, a segunda foto foi tirada pelo Nuno Caseiro.

sábado, 18 de julho de 2009

Verdilhão (carduelis chloris)




Um adulto e um juvenil.

Pardal-comum (Passer domesticus)




Este bebedouro proporciona umas muito boas fotos, um agradecimento ao meu tio Ricardo Rodrigues.

Gaio (Garrulus glandarius)




Quanto menos se espera, eis que as aves aparecem á nossa frente, (convem ter uma máquina fotografica à mão para registar o momento) :-))

Melro-Preto (Turdus merula)




Andava por ali com vontade ser fotografado.

Chapim-azul (Parus caeruleus)





Cavaleira -Proença-a-Nova
Este chapim ainda junior ainda não adquiriu todas as suas plenas cores que o caracterizam.

Poupa (Upupa epops)




Uma Poupa que consegui fotografar aqui perto de casa. Na foto em que está poste, consegui aproximar-me sem que ela/ele se importasse muito.

Andorinha das Chaminés (Hirundo rustica)



Estas estavam a fazer a sua limpeza na vedação do Centro de Ciencia Viva em Proença-a-Nova.